Estudo para certificação – Capítulo 05

Esse é a quinta parte de uma série de posts que irei fazer.
Nesses posts, vou colocando um resumo ou talvez até mesmo trechos na íntegra do livro: Certificação Sun para Programador Java 6 da Kathy Sierra e Bert Bates.

Obs: Caro leitor, você não deve ter como base para uma certificação Java apenas a leituras desses meus resumos em meu blog. É de suma importância a leitura por completo do livro, bem como a realização de alguns simulados.

Capítulo 5 – Controle de Fluxo, Exceções e Assertivas.

1) Escreve o Código Usando Instruções If e Switch
– O único argumento válido para uma instrução if é um valor booleano.
– Cuidado com atribuições booleandas (=) que podem ser confundidas com testes de igualdade booleano (==).
boolean x = false;
if(x = true) {} //Uma atribuição, então x sempre será true!

– As instruções switch podem avaliar somente os tipos de dados byte, short, int e char.
– A palavra-chave default deve ser usada em uma instrução switch se você quiser executar um código quando nenhum dos valores das instruções case coincidir com o valor condicional.
– O bloco default pode ser inserido em qualquer local do bloco switch.

2) Escrevendo o Código Usando Loops
– Uma instrução ‘for’ básica possui três partes: a declaração e/ou inicialização, a avaliação booleana e a expressão de iteração.
– Se uma variável for incrementada ou avaliada dentro de um loop ‘for’ básico, terá que ser declarada antes do loop ou dentro da declaração do loop for.
– Você pode inicializar mais de uma variável na primeira parte da declaração do loop ‘for’ básico; cada inicialização de variável tem que ser separada por uma vírgula.
– Um foreach tem duas partes, a declaração e a expressão.
– Com um foreach, a expressão é o array ou coleção através do qual você deseja fazer o loop.
– Com um foreach, a declaração é a variável do bloco, cujo tipo é compatível com os elementos do array ou coleção, e essa variável contém o valor do elemento para iteração em questão.
– O loop ‘do-while’ entrará no corpo do loop pelo menos uma vez, mesmo se a condição do teste não for atendida.

3) Usando break e continue
– Se a instrução break ou continue for rotulada,ela fará com que uma ação semelhante ocorra no loop rotulado e não no loop mais interno.

4) Manipulando Exceções
– As exceções ‘verificadas’ incluem todos os subtipos de Exception, excluindo as classes que herdam de RunTimeException.
– As exceções verificadas estão sujeitas à regra de manipulação ou declaração; qualquer método que puder lançar uma exceção verificada(incluindo os métodos que chamam outros métodos capazes de realizar essa tarefa) deve declará-la usando a palavra-chave throws ou manipulá-la com um bloc try/catch apropriado.
– Se você usar o bloco opcional finally, ele sempre será chamado, independente de uma exceção do bloco try correspondente ser ou não lançada e de uma exceção lançada ser ou não capturada.
– As exceções não capturadas serão propagadas para baixo na pilha de chamadas, a partir do método em que a exceção foi lançada e terminando no primeiro método que tiver um bloco catch.
– Você pode criar suas próprias exceções, geralmente estendendo Exception ou um de seus subtipos.
– Todos os blocos catch devem ser ordenados do mais específico ao mais geral.

5) Trabalhando com o Mecanismo de Assertivas
– As assertivas lhe fornecerão uma maneira de testar suas suposições durante o desenvolvimento e a depuração.
– As assertivas geralmente são habilitadas durante o teste, mas desabilitadas durante a implantação.
– Não use assertivas para validar argumentos de métodos públicos.
– Use assertivas – mesmo em métodos public – para garantir que um bloco de código específico nunca seja alcançado.


Principal referência:

SIERRA, Kathy; BATES, Bert. Certificação Sun para Programador Java 6 – Guia de estudo – SCJP EXAME 310-065. Rio de Janeiro: Alta Books Editora, 2011.

Não deixem de verificar os próximos capítulos.
Valeu pessoal!

Anúncios

Obrigado pelo comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s