Trechos interessantes do livro: Inteligência Artificial [RUSSEL e NORVIG]

Denominamos nossa espécie Homo sapiens – homem sábio – porque nossas capacidades mentais são muito importantes para nós. Durante milhares de anos, procuramos entender como pensamos; isto é, como um mero punhado de matéria pode perceber, compreender, prever e manipular um mundo muito maior e mais complicado que ela própria. O campo da inteligência artificial, ou IA, vai ainda mais além: ele tenta não apenas compreender, mas também construir entidades inteligentes.

Sabe-se que IA está a procura de novos Einsteins, ou seja, se aprimorar cada vez mais no lado “cientista” da computação, pode ser algo muito bem valorizado em campos totalmente distintos, não se prendendo somente a área de computação, pois IA é verdadeiramente um campo universal.

O teste de Turing, proposto por Alan Turing(1950), foi projetado para fornecer uma definição operacional satisfatória de inteligência. Em vez de propor uma lista longa e talvez controversa de qualificações exigidas para inteligência, ele sugeriu um teste baseado na impossibilidade de distinguir entre entidades inegavelmente inteligentes – os seres humanos. O computador passará no teste se um interrogador humano, depois de propor algumas perguntas por escrito, não conseguir descobrir se as respostas escritas vêm de uma pessoa ou não.

 

Este livro é muito interessante, recomendo!!

Inteligência Artificial de Stuart Russel e Peter Norvig – 2º edição

 

 

Anúncios

Obrigado pelo comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s